segunda-feira, 22 de junho de 2015

Na sede de amar...



Na sede de amar
Ao sentir 
Teu corpo ao meu
Tudo é intenso
E depois do êxtase
Teu cheiro é a
Minha pele
Teu gosto o meu
Sabor
Depois do amor
Fica o sentir...
As sensações ainda
A percorrer 
Cada parte tocada
Acariciada
E o amor se aconchega
Adormecendo
Em nós!
ZEZA MARQUETI