quarta-feira, 29 de julho de 2015

Boa noite

Apague a luz do teu quarto, 
abra a janela, sinta o silêncio da noite, 
escute o riso das estrelas 
e sinta no teu rosto o beijo 
que a lua te dá em meu nome