quarta-feira, 29 de julho de 2015

É a dor que lapida o...

É a dor que lapida o orgulho, que rala o egoísmo,
 que conduz você para as reflexões mais sérias e 
que faz a sua consciência rever seus atos é uma dor bendita,
 porque é um sinal, 
um farol de Deus mostrando um caminho.
Calunga