domingo, 13 de setembro de 2015

Hoje o meu corpo não é perfeito e sinto-me orgulhosa disso.


Hoje o meu corpo não é perfeito e 
sinto-me orgulhosa disso. 
Cada marca e cada centímetro representam 
a experiência maternal que tive 
ao vê-los nascer e por tê-los ao meu lado... 
e sabes que mais? 
Não me arrependo de nada! 
Porque tenho uma grande recompensa… 
uma parte de mim que me chama de mãe.