quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Querido Deus...

Querido Deus.
Pode entrar no meu coração... 
Desculpe a bagunça, 
é que várias tempestades 
passaram por aqui.