sexta-feira, 23 de outubro de 2015

É absolutamente...

É absolutamente inútil 
orar a Deus e continuar 
a ferir os outros.