segunda-feira, 23 de novembro de 2015

A saudade não...

A saudade não tem braços... 
Mas quando ela aperta... 
Dói demais!!