quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Porque é raro


Gosto de gente 
que fala e que pensa. 
Não pela ousadia, 
mas porque é raro 
ter gente que 
ainda pensa. 
Feliphe Oliveira