Atravessei o tempo...

Atravessei o tempo
Rasguei os ventos
Cavalguei tempestades
Fui trovão para os
Meus próprios medos
Clarão nas noites
Escuras
Imensidão dentro
Da minha solidão
Fui porto e fui
Barco
Fui luar
Hoje sou palavras
Sou o sopro
O arder da
Chama!

ZEZA MARQUETI