Tantos amores

Sinta no amor primeiro,
Um amor mais que verdadeiro,
Mas que foi um sonho acabado.
Vislumbre em teu futuro risonho,
Pondo nele a ilusão, o teu sonho,
Esqueça as dores do passado...
Encha-te das ilusões e quimeras, 
E de flores como as primaveras,
Neste instante e na vida inteira.
Teus amores, foram pura amizade,
Não tinham do amor, a verdade,
Só eram, uma paixão passageira...
Então, não chores pelos amores perdidos,
Embora alguns os mais sentidos,
Trouxeram, ilusão, aflição e amargura...
Esta é a vida que eu suponho, 
Mas nem mesmo em meu sonho,
Esqueço tua linda e meiga figura...
Jose Calderoni