Para se ser feliz

Para se ser feliz é preciso ser-se um bocado parvo. 
Eu, por exemplo, sou. 
A felicidade é inversamente proporcional a 
uma série de coisas de boa fama, como a sabedoria, 
a verdade e o amor. 
Quando se sabe muito, não se pode ser muito feliz. 
A verdade é quase sempre triste.