Simplicidade

Já brilhou teu riso e cativou a 
esperança com sua simplicidade,
levantou o fino olhar e demorou-se 
por instantes em seus pensamentos, 
abraçou-se ao travesseiro e sentiu 
o perfume dessa ausência, 
que o tempo transformou em saudades...
Pelo quarto vazio caminhou 
em puro silêncio, 
vertentes de lágrimas 
esboçou em seu rosto
sombreando-lhe as vastas 
lembranças por momento, 
depois da porta o ar do infinito, 
belos campos floridos e 
um vento gélido do sul que 
ultrapassa as belas montanhas...
Velha cabana que se encheu de vida... 
Mas não percebeu quando tudo se foi, 
mas ficou o melhor dos teus sentimentos, 
e hoje quer apenas sentir o sol e 
viver em paz,organizar
seu coração e construir os seus sonhos... 
No lugar que ainda é seu...
© Direitos reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)