AMOR E SAUDADE

O amor
Sente-se
Em todas as fases
No ar
No toque
No olhar
Até na distância
Sem tocar

O amor é poesia
Que entra na alma
Versando nos lábios
Os beijos com sabor
De desejos
E de afagos pertinhos

O amor é saudade
Que gruda na carne
Que se perde
E se encontra
No mesmo amar

O amor é loucura
Feito o pássaro
Perdido nas profundezas
Ao descansar
No peito do coração
Do eterno amor

O amor surpreende
Entende
Aprende
E prende nas horas a passar

O amor alimenta
Deixa a saudade infinita
Faz o dia sorrir
E até faz as rosas chorar

O amor não define cor
Não escolhe a dor
Pra felicidade encontrar

O amor é saudade bandida
Plantada na vida
Fazendo o amor brotar
© Direitos reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)