INSENSÍVEL AO AMOR...

Porque me tomas?
Coração cravado de espinhos...
Insensível ao amor...
Não sereis eu quem 
herdará suas mágoas...
Suas desilusões passadas...
Vivo hoje...
O ontem não me pertenceu...
Não me importa...
Porque me tomas?
Sou devota ao amor...
A reciprocidade...
Meus sentimentos são intensos...
Quero ser amada...
Quero a felicidade profunda...
Quero ser única...
Viver sonhos reais...
Sou intera e não aceito metades...
Se queres estar a meu lado, deixe 
seu passado...
Viva comigo como se o ontem 
nunca tivesse existido...
Seja livre como pássaro...
Infinito como céu...
Brilhante como as estrelas...
Tenha a simplicidade de uma rosa...
Seja sol quando a escuridão te pertencer...
E estarei pronta para te receber...
Autora: Ane Marie Marie
© COPYRIGHT BY "SENTIMENTO EM POESIAS"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas, 
desde que acompanhadas 
dos créditos ao autor