MENINA REBELDE

Sei que ainda és uma menina...
Assustada com as sensações 
Do teu corpo de mulher...
Não se assuste...
Deixa eu ser o dono da tua pele...
Não seja malvada...
Despertando minha sede...
Esse impulso ardente e estranho...
Que consome aqueles que te admiram...
Você é a musa pecadora...
Minha menina rebelde...
Que faz da poesia uma escultura...
De gemidos e loucuras...
Sou tua menina... 
Tua musa repleta de desejos...
Desejos ardentes de uma mulher.
Que te ama, isso não tenha dúvida. 
Te desejo de paixão.
Tanto tempo para amar...
Estamos unidos pela alma...
Em teus braços me sinto segura. 
Vem acalmar esse corpo de menina rebelde.
Só você meu amor...
Tem esse poder em tuas mãos. 
Vem me faça sua.
Vamos pensar só no nosso amor.
Se te amar é pecado...
Serei sempre uma pecadora.
Sem você nada faz sentido...
Me sinto perdida.
Sou rebelde.
Sou menina.
Sou sua musa.
Mais por dentro...
Sou mulher...
Sou desejo... 
Sou paixão.
Autores: Marcelo Rondoni & Poetisa Flávia Guimarães
© COPYRIGHT BY "SENTIMENTO EM POESIAS"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas,
desde que acompanhadas
dos créditos ao autor