Meu amor, Minha saudade

Certa noite... 
Caminhando a beira mar... 
Em uma noite enluarada... 
Senti a brisa do mar que me beijava... 
Nesse momento... 
Parei e comecei a sentir o toque suave da brisa... 
Que acariciava meu rosto... 
Foi quando percebi .... 
Que a brisa não estava sozinha... 
Pois quando me beijava o rosto... 
Trazia com ela a saudade... 
Saudade de não ter você ao meu lado. 
E as vezes me pergunto porque saudade? 
Porque machuca tanto meu peito? 
E esperava que a brisa levasse a 
saudade pra longe de mim. 
Pois meus olhos marejados estão 
cansado de chorar por sua ausência. 
E essa mesma ausência que me consome...  
E fico a pensar:  
Porque meu amado não está comigo? 
Para deixar de ser saudade... 
E ser meu amor nessa realidade. 
Então naquele momento... 
O vento soprando foi secando minhas lágrimas. 
E uma voz sussurrou baixinho 
em meu ouvido dizendo: 
Não chores mais meu amor... 
Eu estou e estarei sempre em teu coração. 
Autores: Suzana de Piere Zanela & Marcelo Rondoni
© COPYRIGHT BY "SENTIMENTO EM POESIAS"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas, 
desde que acompanhadas 
dos créditos ao autor