ESTEJA ONDE ESTIVERES

Olho pro luar e grito o teu nome...
Para ver se as estrelas me ajudem... 
A trazer você de volta pra mim...
Pois meu coração está a sangrar longe de ti...
É meu grito é o único socorro...
Por isso grito teu nome para o céu...
Na esperança sentirem minha tristeza longe você.
E assim quem sabe faça você ouvir... 
O clamor do meu coração...
Essa saudade está me matando...
E apenas sua presença me faz bem...
Não entendo porque esse mundo cruel...
Tirou você de perto de mim...
Mas nem mesmo a distância me... 
Fará esquecer o que sinto por você...
A saudade apenas me fará lembrar de você...
Do amanhecer até o anoitecer de todos os dias...
És minha razão de viver...
Você não imagina quantos sorrisos...
Foram dados só de lembrar de você...
Você é minha fonte de alegria... 
E nesse momento me reviro na cama...
Me perguntando onde estará você meu amor?
E neste dia cinzento... 
O céu se entristece com sua ausência...
E meu peito cheio de amor... 
Transborda em dor...
Minha alma chora por não estar ao meu lado...
Sendo que a única coisa que eu queria...
Era demonstrar todo o amor que sinto por você...
Esse amor não tem fim...
Saiba onde quer que estejas...
Que te amarei eternamente...
E apenas você é a paz da minha alma entristecida...
Longe de você... Fiquei esquecida nessa saudade...
Minha esperança é reencontrar o meu amor...
E viver a cada dia uma nova felicidade...
Esteja onde estiveres...
Eu vou sempre te amar!
Autora: Lizy Souza
Participação especial: Marcelo Rondoni
© COPYRIGHT BY "SENTIMENTO EM POESIAS"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas, 
desde que acompanhadas 
dos créditos ao autor