Sem Segredos

“E…
De repente!…
O silêncio…
Assume…
O rosto…
De tudo…
O que…
Perdi!...
Desisti!...
De todos…
Os toques…
Que…
Me…
Tocaram…
A Alma…
E…
Iludiram…
O corpo…
E…
De repente!...
Não…
Importa…
Que…
Não…
Te tenha!…
Longe…
Do abraço…
Onde…
Te…
Procurei…
Todo…
Quis (-Te)…
Inteiro…
Sem…
Segredos…
E…
Nu…
De todas…
As ausências…
E…
De repente!...
Não…
Importa…
Que…
Não…
Te veja!…
Se…
É…
No esquecimento…
Que…
Vivo…
Sinto (-Te)!…
Em…
Todos…
Os sabores…
Inexplicáveis…
Da carne…
Escrevo (-Me)…
Como…
Sou…
E…
Como…
Sinto…
Cada…
Amanhecer…
Agarrada…
À tua…
Pele...
E…
De repente!...
Cobro-me…
De vazios…
Sonhos…
Preguiçosamente…
Ocultos…
Por…
Desejos…
Que…
Ainda…
Me…
Sustentam…
E…
De repente!...
Todas…
As vontades…
Reprimidas…
Desenlaçam-se…
E…
Provocam…
Espaços…
Entre…
A respiração…
De tantos…
Momentos…
Onde…
Respiro…
O teu…
Silêncio…
E…
De repente!...
Sinto…
O cansaço…
Dos meus…
Lábios…
Que…
Mesmo…
Na distância…
Se…
Tornaram…
Teus
E…
Simplesmente…
Deixaram…
De sentir!...
Ficaram…
Aprisionados…
Ao sabor…
De ti!
Autora: Paula Gaspar Ferreira
© COPYRIGHT BY "SENTIMENTO EM POESIAS"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas, 
desde que acompanhadas 
dos créditos ao autor.