ESCURO DA NOITE

É na escuridão da noite, 
Que muitas vezes o poeta escreve, 
São os seus pensamentos que descreve
os sentimentos do seu imenso coração, 
Talvez cheio de emoções fortes e belas, 
Ao luar numa noite primaveril, ouve-se
ao longe o cantar dos grilos na terra 
do jardim, os pássaros em silêncio, 
A mulher e o homem encontram-se, 
Naquele local silencioso onde a dor, 
Existe, dum amor tão intenso de calor, 
Mas nunca ninguém pára aquele casal
Um beijo prolongado deixa emoção,
Outro beijo deixa o casal emocionado,
Nem deram por ela, que os observava,
Mas eu só conheci a Senhora e o
Homem era desconhecido, mas fiquei
Pensando que se fosse outra pessoa, 
Estaria a revelar o seu possível nome, 
Mas em coisas de amor não te metas, 
Somos todos adultos e não se comenta
As causas dum apaixonado amor!
Autor: Floriano Oliveira
© COPYRIGHT BY "SENTIMENTO EM POESIAS"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas, 
desde que acompanhadas 
dos créditos ao autor.