TÃO LONGE DE MIM MESMA...

Sinto os meus pés longe do chão
Muitas vezes sinto
Que estou longe de mim mesma
Me percorro, me procuro
Me caço e não me acho
Procuro um sentimento bonito
Vasculho o meu coração
E muitas vezes o sinto tão estranho
E em meio a minha organização
O desarrumo e o bagunço
E o encontro vazio
Vazio daquilo que eu procuro
Ando por ele, talvez não o bastante
Tentando encontrar a felicidade
O caminho é longo
Tudo parece cada vez mais distante
Me sinto confusa
Meu desejo é ser feliz
Abri todas as portas
Coloquei tudo no lugar
Me reorganizei
Até porque, prá amar e me sentir amada
Não posso estar bagunçada
Retirei tudo o que me incomodava
Agora ele está vazio
E na inquietação do meu ser
Paro e reflito
Não quero me afastar de mim mesma
Então, às vezes me deito
Me abraço, me encolho
E me recolho em meus braços
Te penso e penso
Em tudo o que com você vivi
Mas hoje, recolhida em mim mesma
Percebo o quanto tudo, está tão distante de mim
Autora: Sandra Leone
© COPYRIGHT BY "SENTIMENTO EM POESIAS"
Todos os Direitos Reservados
conforme artigo (Lei 9610/98)
Cópias e publicações permitidas,
desde que acompanhadas
dos créditos ao autor